Roda Abdominal – O Que é, Como Usar e Cuidados

Roda abdominal - o que é, como usar e cuidados

Um abdômen definido, mais do que estética, nos transmite a imagem de força, vitalidade e cuidado com a saúde. Não é atoa que diariamente somos bombardeados por anúncios de equipamentos ou suplementos nutricionais que prometem perda rápida de gordura abdominal. Dentre a enorme variedade de equipamentos para exercitar o abdômen disponíveis no mercado, nós encontramos a roda abdominal.

A roda abdominal é um equipamento relativamente simples e com custo bastante acessível que promete o fortalecimento de toda a região do core (núcleo do corpo) com alguns minutos diários. Mas será mesmo que a roda abdominal é um equipamento eficiente para exercitar e definir o abdômen? Confira.

O que é a roda abdominal?

A roda abdominal consiste em um simples equipamento composto por uma roda e um cano metálico que passa através da mesma para servir de apoio para as mãos. O indivíduo com os joelhos apoiados no chão, ou as pontas dos pés no caso dos mais avançados, segura o apoio com as duas mãos de forma que a roda fique entre as duas pegadas. Então ele estende os braços rolando a roda sobre o chão de forma a colocar o peso do corpo apenas sobre dois apoios: a roda e os joelhos. Desta maneira, o abdômen é trabalhado tanto de maneira isométrica – enquanto o corpo fica apoiado sobre a roda e os joelhos – quanto pela contração/extensão do abdômen.

A roda abdominal se tornou um equipamento popular não só pelo seu preço acessível, mas também pela forma com que ela trabalha o abdômen. Diferente dos tradicionais abdominais que são feitos deitados em que o indivíduo, de barriga para cima, precisa puxar o peito na direção dos joelhos, a roda abdominal permite ficar de joelhos em uma posição ergonomicamente mais confortável e também com um risco menor de lesão – uma vez que a coluna permanece ereta durante o exercício.

Roda abdominal vs abdominais tradicionais

A roda abdominal também proporciona um exercício mais completo. Se comparada aos abdominais tradicionais feitos deitados no chão com a barriga para cima, a roda abdominal, devido ao seu funcionamento, também fortalece a lombar, a qual é requisitada para sustentar o peso do corpo e também estimular os braços e ombros a fim de manter o apoio sobre a roda durante o exercício. A pegada também será beneficiada, visto que é preciso força para segurar a roda e suportar o peso do corpo. Uma pegada forte traz benefícios diretos na execução de outros exercícios, como no supino, na barra fixa, no levantamento terra, entre outros.

Avançados e iniciantes

A roda abdominal é bastante versátil e permite que iniciantes e avançados consigam fazer um treino satisfatório que estimula o abdômen e fortalece o corpo. Os iniciantes podem começar com o joelho apoiado no chão ou colchonete e estendendo a roda não muito distante do corpo. Aqueles que são mais experientes e possuem mais força no core podem querer fazer o exercício em pé, estendendo o corpo quase que completamente sem tocar o peito ou a barriga no chão e mantendo os braços ligeiramente abaixo do nível do tronco na fase de extensão máxima de cada repetição.

Cuidados

Se você percebeu os benefícios do uso da roda abdominal e agora deseja adicionar este poderoso equipamento em sua rotina fique atento a alguns cuidados. A roda abdominal não é indicada para pessoas muito sedentárias ou que não praticam qualquer atividade física, uma vez que usá-la demanda certo grau de força na lombar, a qual é requisitada para sustentar o corpo na posição ereta durante o exercício. Outra dica é não rolar a roda para muito longe do corpo ao menos no início. É preciso se adaptar ao exercício e fortalecer os músculos demandados pelo mesmo antes de usar a roda no máximo do seu potencial.

Você pode gostar...