Posso Treinar o Mesmo Músculo em Dias Seguidos?

Treinar o mesmo músculo em dias seguidos
Treinar o mesmo músculo em dias seguidos

Se você quer ter um corpo mais definido, com mais massa magra e menos gordura, além de uma dieta balanceada é importante fazer exercícios físicos com certa regularidade. A musculação é uma das modalidades favoritas: o trabalho com pesos é uma maneira bastante eficaz para o crescimento muscular. No entanto, muitas pessoas procuram dar ênfase em exercitar certas partes do corpo e procuram exercitar elas com mais frequência do que as demais dentro de um programa de treino diário. Geralmente os homens buscam exercitar mais os braços e o peitoral enquanto as mulheres querem ter pernas e glúteos mais avantajados. Afinal exercitar um músculo ou um grupo muscular em dias seguidos realmente pode trazer melhores resultados?

Crescimento muscular

Para saber se realmente é vantajoso exercitar o mesmo músculo em dias seguidos é necessário entendermos a forma como o corpo constrói músculo a partir do exercício. Quando fazemos força para levantar um peso, nós estamos criando micro lesões no tecido muscular. A reparação dessas micro lesões é o processo responsável por tornar o músculo mais forte e maior. No entanto, essa reparação, se seu treino foi realmente pesado, demora algum tempo, geralmente de um a dois dias (ou até mesmo mais).  Por esta razão exercitar o mesmo músculo em dias seguidos pode ser uma escolha ruim.

Como organizar um treino diário?

Se você tem o hábito de treinar diariamente em uma academia, provavelmente seu professor, sabendo destes fatores, já deve ter organizado um treino para você respeitando esse tempo de descanso, alternando os músculos que serão exercitados dentre os dias da semana. Se por outro lado você treina em casa ou outro espaço por conta própria é importante começar a levar este fator em conta ao organizar seu treino. Se você treina um músculo em um dia, é bem provável que no dia seguinte você esteja sentindo dores ou a fadiga do mesmo, o que vai te impedir de ter um rendimento máximo em sua sessão. Por isso é o momento para treinar outros músculos do corpo. Se você treinou peito e braços em um dia, treine suas pernas no dia seguinte, por exemplo.

Como acelerar a reparação muscular

O principal fator para acelerar a reparação do tecido muscular e deixá-lo pronto para o próximo treino é a alimentação. O músculo usa diversos nutrientes obtidos na dieta, principalmente a proteína, para reparar o músculo – por isso a importância de incluir carne, leite e ovos na alimentação: são ricas fontes de proteínas. Os suplementos alimentares também podem ajudar: uma dose de whey protein depois do treino contribui para a rápida recuperação muscular. Uma dieta balanceada com uma boa noite de sono certamente são os melhores remédios para acelerar a recuperação, mas de qualquer forma treinar o mesmo músculo em dias alternados ainda é recomendado.

Mais resultados com menos treino

Talvez a pergunta que venha a sua mente é como você pode ter mais resultados treinando menos um mesmo músculo, uma vez que será em dias alternados e não mais em dias seguidos? A resposta é simples: quando você dá o tempo correto para seu músculo se recuperar, que como vimos depende princialmente da sua alimentação e de uma noite bem dormida, você terá muito mais força e disposição para dar o máximo em seu próximo treino, tornando o músculo cada vez mais forte. Por outro lado, se você exercitar o mesmo músculo em dias seguidos, você não estará dando o tempo adequado para que ele se recupere das micro lesões do último treino e por isso não só não terá um bom rendimento, como também irá forçar seu corpo a queimar as fibras musculares existentes para ter mais energia.

Exemplos de treinos alternados

Agora que você entendeu a importância do repouso para a reparação do tecido muscular, abaixo estão alguns exemplos de como você pode organizar o seu treino diário a fim de evitar exercitar o mesmo músculo em dias seguidos:

  • Treino AB: Em um dia você treina os grupos musculares acima da cintura, como braços, peito, costas e abdômen. No dia seguinte você irá treinar os grupos musculares da cintura para baixo, como glúteos, coxas e panturrilhas.
  • Treino ABC: No primeiro dia você pode treinar o peitoral, o bíceps e fazer um exercício aeróbico, no segundo dia costas, tríceps e trapézio, e no terceiro dia pernas, ombros e abdômen.

Você pode gostar...